Agência Fora do Eixo 2010

janeiro 8, 2010

A Agência Fora do Eixo é diferente de outras agências.

É uma nova frente de trabalho do Circuito Fora do Eixo, que auxilia 15 bandas auto-gestoras referenciais nessa rede de coletivos no suporte e elaboração  de turnês, além de assessoria de imprensa e comunicação, logística e técnica no período mínimo de um ano. As bandas foram selecionadas pelos próprios Pontos Fora do Eixo, e são consideradas referência em seu modelo de gestão de carreira.

Por que  bandas auto-gestoras?

Por que a agência também é a própria banda, que também busca por datas, que atualiza seus veículos constantemente e que trabalha para o desenvolvimento das cenas locais junto aos seus coletivos, atuando desta maneira como multiplicadores e estimuladores desta nova forma de gestão artístico-cultural.

E quais são as bandas?

Ao todo são 15 bandas, passando por várias localidades brasileiras e diferentes estéticas.

Temos o rock instrumental do Macaco Bong(MT), cujo álbum “Artista Igual Pedreiro” foi eleito o melhor do ano de 2008 pela revista Rolling Stone; O Porcas Borboletas(MG), na vanguarda da nova música poético teatral brasileira, com trabalho novo lançado na praça, o excelente “A Passeio”; O Rinoceronte(RS) remete tanto ao hard rock setentista quanto o stoner contemporâneo e vem se tornando sensação nos festivais Fora do Eixo; Facas Voadoras(MS) se define como músicas velhas recapeadas em sujeira nova e músicas novas embebidas em sujeira velha. É outra banda que está se destacando nos festivais;

O Calistoga(RN) é Post Hardcore, o som é fruto da experimentação e do convívio com o cenário rock potiguar, como músicos, técnicos e produtores; Caldo de Piaba(AC) é sem dúvida um nome a se apostar no cenário instrumental. Há mistura de ritmos acreanos, lambada, guitarra paraense, funk, ska, samba rock, um pouquinho de brega e improvisos jazzísticos e psicodelias; Estimada como a grande revelação do pop amazônico pela Rolling Stone brasileira, a Mini Box Lunar(AP) faz um som pra lá de original, com guitarra, baixo, bateria, violão teclados e dois vocais que vão do psicodélico ao infantil em segundos; O Plano Próximo(SP) é despretensioso, descontraído e alto astral. O Eu lírico é feminino (não feminista) e o som não deixa ninguém ficar parado;

O Nevilton(PR) tem muitas influências, entre elas Beatles, Cake, Pixies, Los Hermanos, Hellacopters, Pavement, e outras boas coisas. É a grande aposta de muitos formadores de opinião; Os integrantes do Do Amor(RJ) já trabalharam com muitos artistas e outros conjuntos e a experiência deles no que fazem é de fato legítima. A bagagem resulta em uma variedade de ritmos que encantam o ouvinte e o dançante;


O Burro Morto(PB) respira groove, enche os pulmões de psicodelia, entorta os compassos e regurgita melodias inusitadas. Sem dúvida um dos grandes nomes do novo instrumental brasileiro. O Plástico lunar(SE) conta com melodias espaciais, arranjos complexos, timbres envenenados, letras filosóficas e climas que te levam pra longe. Destaque da cena de Aracaju. O Cascadura(BA) reflete uma das mais respeitadas trajetórias dentro da música que se faz na Bahia e alcançou a marca de 10 mil cópias vendidas do seu mais recente trabalho, o álbum Bogary. Rock na veia!

Também do instrumental vem o grupo potiguar Camarones Orquestra Guitarrística(RN), misturando rock, ska, punk, reggae, temas de desenhos animados e filmes em clima dançante. A partir de 2010 a Agência passa a contar também com a Madame Saatan(PA), que traz a força do heavy metal, se encontrando ao sotaque de música brasileira, com letras em português. E dá-lhe ritmos como lundu, carimbó, quadrilha, MPB e até blues.

Por que no período de um ano?

Por que a Agência acredita no processo de renovação dos agentes, que capacitados durante esse tempo absorvem a tecnologia de uma agência. E também porque dessa forma a troca atinge ainda mais pessoas e bandas, transformando a agência em uma ferramenta de mercado para uma rede de capacitação profissional.

– Fora do Eixo Tour @ NE

A Agência Fora do Eixo promoveu no final de 2009 a sua primeira turnê pelo Nordeste. As três bandas que inauguraram a rota dentro de um ônibus foram: Macaco Bong (MT), Burro Morto (PB) e Porcas Borboletas (MG). O resultado desse trabalho pode ser conferido detalhe por detalhe no Diário de Bordo (www.foradoeixotour.wordpress.com) e nas imagens do flickr (www.flickr.com/groups/foradoeixotour).


Conheça aqui as bandas da agência Fora do Eixo

Macaco Bong – www.myspace.com/macacobong
Porcas Borboletas – www.mypace.com/porcasborboletas

Rinoceronte – www.myspace.com/rinoceronterock

Facas Voadoras – www.myspace.com/facasvoadoras

Calistoga – www.mypace.com/bandacalistoga

Caldo de Piaba – www.myspace.com/caldodepiaba

Mini Box Lunar – www.myspace.com/miniboxlunar

Plano Proximo – www.myspace.com/planoproximo

Nevilton – www.myspace.com/nevilton

Do Amor – www.myspace.com/doamor

Burro Morto – www.myspace.com/burromorto

Plástico Lunar – www.myspace.com/plasticolunar

Cascadura – www.myspace.com/cascadurarock

Camarones Orquestra Guitarrística – www.myspace.com/camaronesorquestraguitarristica

Madame Saatan – www.myspace.com/madamesaatan


NEWS # 1 – Mini Box Lunar e Caldo de Piaba fazem Tour em SP

dezembro 8, 2009

.

_

Dando continuidade aos trabalhos, a Agência Fora do Eixo traz a São Paulo essa semana duas bandas que vem obtendo grande destaque nos festivais brasileiros: Caldo de Piaba(AC) e Mini Box Lunar(AP).

Duas bandas do norte do país, representando a nova música brasileira, feita de maneira auto-gestionária e originada nos “rincões” do país, que agora conseguem ter uma maior exposição de sua cultura, em decorrência do mercado que criam e investem conjuntamente.

Confira abaixo informações das bandas:

Caldo de Piaba(AC)


Formado no final de 2008, o Caldo é um projeto idealizado por amigos que tem em comum o gosto pela mistura de ritmos e a vontade de experimentar com a música instrumental. Além das composições próprias, são apresentadas releituras de velhas canções populares.


Ouça em http://www.myspace.com/caldodepiaba



Mini Box Lunar(AP)

Estimada como a grande revelação do pop amazônico pela Rolling Stone brasileira, a Mini Box faz um som pra lá de original, com guitarra, baixo, bateria, violão teclados e dois vocais que vão do psicodélico ao infantil em segundos.

Ouça em http://www.myspace.com/miniboxlunar


As duas bandas tocaram recentemente no Festival Calango em Cuiabá, com ampla repercussão. Confira abaixo os comentários:


do Scream & Yell

De Macapá, o Mini Box Lunar atravessou o país para conquistar dezenas de corações em Cuiabá com seu pop hippie psicodélico de muito charme. Vale vasculhar o My Space do sexteto e esperar pelo show deles quando você cruzar com a banda. Eles tocam “em casa”, no Festival Quebramar, no Macapá (06/11) e são destaque da programação da 15ª edição do badalado Goiânia Noise 2009.

E o trio instrumental Caldo de Piaba (foto acima) não decepcionou. A apresentação começou morna, meio blues, meio rock, mas assim que o trio engatou na brasilidade a coisa toda tomou rumo. E encerrar com “I Want You (She’s So Heavy)”, dos Beatles, foi bola dentro. Preste atenção neles.


Do El Cabong

Outra surpresa foi a banda Caldo de Piaba, do Acre, que fez um show mais certinho na primeira noite, mas também sem ligar muito para ter que se encaixar em um rótulo único. Eles fazem um muito bem dosado som instrumental que mescla rock, lambada, guitarradas, funk, ska, brega, com psicodelia e até jazz. O resultado soa como se fosse um rock instrumental com assinatura brasileira, com direito a músicas de Aldo Sena e uma sensacional versão de “I Want You (She’s So Heavy)”, dos Beatles, que parecia ser feita para soar naquele formato.

(Mini Box)

Um caos musical, um som inclassificável e anárquico, mesclando ao mesmo tempo rock, música infantil, psicodelia, tropicalismo, 70´s e música brega, hipnótico e com uma veia pop certeira. Clima descontraído, com diversão absoluta no palco, no qual as duas vocalistas roubavam a cena com danças, representações quase teatrais e duetos meio loucos, enquanto a banda trazia as sonoridades múltiplas. Se Os Mutantes surgissem hoje seria mais ou menos assim. Poucas bandas desconcertam dessa forma e o melhor, ganharam o público roqueiro, com o carisma e essas mil referências. Saíram ovacionados.


Confira abaixo a agenda das bandas SP:

17/11 (São Carlos-SP) – Caldo de Piaba e Mini Box Lunar
Local: Palquinho da UFSCAR
Horário: 23h

18/11 – Caldo de Piaba, Macaco Bong e Porcas Borboletas

Local: Cinemateca
Horário:
Macaco Bong – 20h a 20h30
Porcas e Borboletas – 20h45 a 21h15
Caldo de Piaba – 21h30 a 22h

19/11 – Caldo de Piaba

Local: Espaço Zé Presidente (Rua Cardeal Arcoverde, 1545 – Pinheiros
Horário: 21h
Obs: Também se apresentam as bandas Madame Saatan e  Saulo Duarte & A Unidade

19/11 – Mini Box Lunar

Local: Cinemateca
Horário: 21h30 a 22h
Passagem de Som: 11h30 a 12h30

20/11 (São Caetano-SP) – Caldo de Piaba, Porcas Borboletas e Mini Box Lunar

Local: Espaço Cultural Cidadhttp://mail.google.com/mail/?shva=1#inbox/124fe1da59b2079eão do Mundo (www.cidadaodomundo.org)


Hello world!

dezembro 8, 2009

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.